Última atualização em .

Mundo inteiro bandeirou hoje

Bandeirar é "andar de lado", entre topos e fundos.

Wall Street fechou virtualmente estável nessa quarta-feira, com os investidores aguardando novos catalisadores para justificar as avaliações atuais dos investidores. Os mercados estavam aquecidos com o brilho do estímulo e ânimo com os benefícios das vacinas na economia. Os avanços nos dados sobre emprego crescendo no maior patamar em mais em 2 anos e o ISM Services PMI alcançando um recorde. Do lado da política, os últimos dados da última reunião do FOMC não surpreenderam os investidores, com o presidente Jerome Powell destacando o compromisso do banco central em apoiar a economia com taxas de juros baixas e compra de títulos no futuro previsível. O Dow Jones subiu 16 pontos ou 0,1% para 33.447. O S&P 500 ganhou 6 pontos ou 0,2% para 4.080. O Nasdaq com alta tecnologia, no entanto, caiu 10 pontos ou 0,1%, para 13.689.

Bovespa acompanhou exterior e bandeirou (andou de lado) fechando praticamente estável +0,11% aos 117.623 pontos. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3)  -1,10%, Itaú (ITUB4) -0,88%, Bradesco (BBDC3) -0,67%, Petrobrás ON (PETR3) +0,46% e Petrobrás PN (PETR4) -0,08%. Uma empresa com passado de muitas tristezas para os investidores, a Triunfo Participações (TPIS3) subiu assustadores 23,14% impulsionada com leilões de 22 aeroportos no valor de R$ 3,3 bi anunciados hoje.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário