Última atualização em .

Bolsa descola do exterior com turbulência política e cai

Investidores no Brasil apreensivos se Bolsonaro vai vetar a flexibilidade de aumento no funcionalismo público até 2021. Esse congelamento foi pedido por Guedes como forma de amenizar os impactos fiscais nos gastos do governo no enfrentamento da pandemia do Covid 19. Há ainda o desdobramento do depoimento do ex-diretor da PF Maurício Valeixo sobre a interferência de Bolsonaro na PF que o substituiu para colocar alguém com mais afinidade e também que embora tenha sido publicado no Diário Oficial, ele nunca teria formalizado um pedido de demissão do cargo. As investigações estão sendo coordenadas pelo STF. Ou seja, todo tipo de manobra possível e imaginável pode ocorrer para complicar o mandato do presidente Bolsonaro. Esse angu ainda vai render por pelo menos uma semana...

Os destaques de ontem da Bovespa foram Itaú +0,27% (ITUB4), Ambev -0,83% (ABEV3), Bradesco -1,51% (BBDC4), Petrobrás ON -2,66% (PETR3), e Petrobrás PN -1,79% (PETR4). Bovespa caiu 1,49% aos 79.064 pontos. Dólar subiu forte 1,30% a R$ 5,825.

 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

  1. ormekur kat håndkøb em #

    Bolsa descola do exterior com turbulência política e cai | FBC

  2. spolorm hund em #

    Bolsa descola do exterior com turbulência política e cai | FBC

  3. OPMS Gold em #

    Bolsa descola do exterior com turbulência política e cai | FBC

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário