Última atualização em .

Questões devem ser observadas em Demonstrações do exercício social encerrado em 31/12/2015

As Superintendências de Normas Contábeis e Auditoria (SNC) e de Relações com Empresas (SEP) divulgam hoje o Ofício-Circular/CVM/SNC/SEP/nº 1/2016. O documento destaca entendimentos das áreas técnicas sobre como determinados temas devem ser encarados por administradores das companhias registradas na CVM e por seus auditores independentes na elaboração e na auditoria das Demonstrações Contábeis do exercício social encerrado em 31/12/2015. São eles: 1. True and fair view; 2. Operações de forfait; 3. Outras transações que se tem conhecimento; 4. Aplicação do conceito de Compulsão Econômica; 5. Testes de impairment; 6. Aplicação do item 38 da OCPC 07. As superintendências ressaltam que a administração e os responsáveis pela Governança Corporativa das companhias têm a responsabilidade primária na avaliação dos temas tratados no Ofício, cabendo aos auditores independentes o papel de verificá-los com todo zelo, ceticismo e responsabilidade usuais com que exercem suas atividades. Fonte: CVM2016

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário